quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Relacionamentos por Arnaldo Jabor.

Olá gente, tudo bem?
Eu particularmente adoro os textos do Arnaldo Jabor e hoje vou compartilhar um deles com vocês, confesso que já havia postado aqui no GC, mas já faz algum tempinho e resolvi postar novamente, pois acredito que são grandes verdades.


Sempre acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim. Como tudo na vida. 

Detesto quando escuto aquela conversa:
- Ah, terminei o namoro...
- Nossa, estavam juntos há tanto tempo...
- Cinco anos.... que pena... acabou...
- é... não deu certo...

Claro que deu! Deu certo durante cinco anos, só que acabou. E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.

Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam. 
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.

Às vezes ela é fiel, mas é devagar na cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atencioso, mas não é trabalhador.
Às vezes ela é muito bonita, mas não é sensível.
Tudo junto, não vamos encontrar.

Perceba qual o aspecto mais importante para você e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro. Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe mais básico que é uma delícia.

E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...
Acho que o beijo é importante... e se o beijo bate... se joga... se não bate... mais um Martini, por favor... e vá dar uma volta.

Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra. O outro tem o direito de não te querer.

Não brigue, não ligue, não dê pití. Se a pessoa tá com dúvidas, problema dela, cabe a você esperar... ou não. 

Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto.

Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta. Nada de drama. 
Que graça tem alguém do seu lado sob pressão?

O legal é alguém que está com você, só por você. E vice-versa. Não fique com alguém por pena. Ou por medo da solidão. Nascemos sós. Morremos sós.

Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado. E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.

Tem gente que pula de um romance para o outro. Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?

Gostar dói. Muitas vezes você vai sentir raiva, ciúmes, ódio, frustração... Faz parte. Você convive com outro ser, um outro mundo, um outro universo.

E nem sempre as coisas são como você gostaria que fosse... A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.

Se alguém vier com este papo, corra, afinal você não é terapeuta. Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.

Na vida e no amor, não temos garantias. 
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar. Nem todo beijo é para romancear. 
E nem todo sexo bom é para descartar... ou se apaixonar... ou se culpar...

Enfim...quem disse que ser adulto é fácil ????


Arnaldo Jabor

18 comentários:

  1. Olá. Voce deixou comentario no meu blog dizendo k ja me estava a seguir, mas como eu controlo os meus seguidores, sei que ainda nao me está a seguir. Por favor siga o meu blog para eu poder retribuir.

    fashionpassionomg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Obrigada por seguir o meu blog, ja estou a seguir o seu

    fashionpassionomg.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Gosto dos textos dele.
    agoratopronta.blogspot.com.br
    Beijos Vanessa

    ResponderExcluir
  4. Oi Vanessa!
    Amei esse texto, super lindo!

    Beijos flor!

    ResponderExcluir
  5. Ótimo texto! Disse tudo! Porém nunca tinha ouvido falar no autor.
    Estou seguindo seu blog, se puder:
    www.mimosemodas.blogspot.com

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcela,
      Ele é muito bom viu, escreve vairas coisas legais.

      Bjs

      Excluir
  6. Veja só, é tudo uma questão de ponto de vista, pois quem pensa que perdeu tempo ou anos de vida com uma relação é porque esperava que fosse ser eterno, de repente.
    Já se você vive o hoje, sabendo que tudo pode ter um fim, fica feliz por ter vivido tudo o que viveu e por ter a oportunidade de viver coisas novas, rs.
    Tudo depende do ponto de vista, rs.
    Bjus

    Rafa
    www.rafaelando.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafa, gostei desse "ponto de vista", concordo sim.
      Acho que devemos viver ao máximo, pq a unica certeza é que um dia acaba.

      Bjs e obrigada pela visita.

      Excluir
  7. Tudo depende, do que sentimos... do que vivemos.. Sim!! Concordor, nunca ningué agradará 100%, e sim!!! Tudo é uma soma!!! Mas pq não viver como se fosse eterno e não aproveitar cada segundo com intensidade???
    Afinal... ser adulto não é fácil!!!

    Bjos

    www.terapiafeminina.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vdd Ju, ser adulto não é fácil.
      E cada um aprende de um jeito, vive de uma jeito, e que esse jeito seja o melhor ou o mais intenso possível.

      Obrigada pelo comentário.

      bjs

      Excluir
  8. Que post maravilhoso, amei! Crescer parecia bom, mas não é tão bom quanto parece.
    Post novo no meu blog One Esmalte
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É crescer é difícil, mas é necessário e pra falar a vdd é bom viu!! hehe

      Bjs

      Excluir
  9. O texto é bom, mas não concordo com alguns pontos de vista dele. Vai ver é porque cada um "vive um romance" de forma diferente, e experiências diferentes refletem em opiniões diferentes, né?

    Bjxx
    makesdami.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vdd Mi, acredito que a experiencia é unica e vivida singularmente.

      Obrigada.
      Bjs

      Excluir